Para esta semana, decidimos publicar a primeira entrevista individual da série que intitulámos por ¨Diário de um Enfermeiro¨. Estamos muito entusiasmados por apresentar uma Enfermeira EMTG!  

Algumas pessoas demoram grande parte da vida para descobrir o que querem fazer, mas a Diana sempre soube que queria ser Enfermeira. Ela juntou-se ao programa EMTG em 2020 e trabalha no sul da Holanda, onde tem possibilidade de conciliar as suas duas paixões: ajudar o outro e descobrir novos lugares. Os colegas descrevem-na como uma Enfermeira incrível e muito amiga 

Diana é Enfermeira Registada na Holanda e hoje partilha connosco a sua experiência de trabalhar e viver num novo país. O seu sucesso é um exemplo de como uma Enfermeira empática e cuidadosa com o outro faz a diferença na vida dos seus pacientes e da sua equipa. 

Sobre ti:

Qual o teu nome e idade 

O meu nome é Diana e tenho 23 anos. 

De onde és? 

Eu sou de Portugal, da cidade de Braga. 

Em que Universidade te formaste? 

Eu estudei Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho 

Porque decidiste ser Enfermeira? 

O meu irmão nasceu com um Síndrome raro e necessitava de vários cuidados, e isso desde sempre foi uma motivação para estudar e trabalhar na área da Enfermagem.  

 

Ser Enfermeira na Holanda 

Vives e trabalhas na Holanda desde quando e onde estás a trabalhar? 

Vivo nos Países Baixos desde abril de 2020 e trabalho numa Fundação desde maio do mesmo ano. 

Quais são algumas das tuas funções num dia normal de trabalho?  

As funções de um Enfermeiro na instituição onde trabalho passam pelos cuidados de higiene e conforto, administração de medicação, administração da alimentação, cuidados a traqueostomias, aspiração de secreções, monitorização de sinais vitais, conversar com os familiares dos pacientes 

Há diferenças entre o teu trabalho na Holanda e em Portugal?  

O trabalho de um Enfermeiro na instituição onde trabalho não difere muito do que fazemos em Portugal. No entanto, aqui existem vários níveis na carreira de Enfermagem e, por conseguinte, também as funções podem diferir. 

O que gostas mais no teu trabalho?  

Em geral, gosto de tudo o que faço no meu trabalho! No entanto, o facto de poder trabalhar com crianças com necessidades especiais, é o que mais gosto.  

O maior desafio de trabalhar como Enfermeira aqui é, sem dúvida, o idioma. A EMTG continua a acompanhar-nos em tudo e a ajudar-nos naquilo que necessitamos.”

Trabalhar no estrangeiro 

Quando e por que razão decidiste trabalhar como Enfermeira na Holanda? 

Eu terminei a minha licenciatura em Enfermagem em julho de 2019 e em novembro do mesmo ano houve uma feira empresarial na Universidade onde tinha estudado. Lá conheci a Ana e, consequentemente, a EMTG. Fiquei bastante entusiasmada com a ideia de poder trabalhar como Enfermeira na Holanda e tudo me foi explicado da melhor forma. E bem, aqui estou eu desde abril de 2020! 

Qual ou quais são os maiores desafios de se trabalhar como Enfermeira no estrangeiro? Como lidaste com esses desafios? 

O maior desafio de trabalhar como Enfermeira aqui é, sem dúvida, o idioma. A EMTG continua a acompanhar-nos em tudo e a ajudar-nos naquilo que necessitamos. Portanto, todas as semanas continuei a ter aulas de Holandês com os professores da Academia. Para mim, esta é, sem dúvida, uma ajuda incrível para continuar a melhorar o meu idioma e a ser bem-sucedida no meu trabalho.  

Que vantagens vês em trabalhar no estrangeiro? 

 A experiência e o crescimento, quer pessoal quer profissional, são os maiores benefícios de trabalhar no estrangeiro.  

 

Holanda 

Como é a tua vida na Holanda? O que fazes nos teus tempos livres? 

Eu tenho uma vida bastante calma e tranquila aqui. Trabalho em média 32 horas semanais e isso permite-me ter bastante tempo livre para as minhas coisas como por exemplo ler, ir passear até ao centro da cidade e ir ao ginásio.  

O que gostas mais na Holanda? 

O que eu mais gosto dos Países Baixos é a organização. Em tudo é um país super organizado e isso é incrível!  

Quais são os teus objetivos futuros para a tua carreira profissional na Holanda? 

No futuro, gostaria de poder trabalhar como Enfermeira numa ala pediátrica ou numa ala obstétrica.  

Mensagem aos Enfermeiros 

O que gostavas de dizer aos Enfermeiros que  estão a pensar em trabalhar no estrangeiro?  

A mensagem que passo aos meus colegas que estão a pensar embarcar nesta aventura é que, sem dúvida, será uma das melhores experiências das suas vidas! Desde o Curso Intensivo de Holandês, na Academia Holandesa (Espanha), ao momento em que chegamos aos Países Baixos e começamos a trabalhar.  

Arrisquem. Não se arrependerão! 

Segue o nosso Instagram para ficares a saber mais sobre o percurso da Enf. Diana na Holanda e acompanha as nossas publicações para não perderes nenhum evento ou novidade!  

Preparado(a) para trabalhar na Holanda? 

Na EMTG, estamos sempre à procura de receber novos profissionais de saúde para o setor de saúde holandês. Se tu, tal como a Diana, tens interesse em trabalhar na Holanda, entre em contato connosco. Podes também consultar as nossas páginas no LinkedIn, Youtube e Facebook. Sigue-nos e vem fazer parte da nossa equipa! 

Translate »

Our site uses cookies. Cookies make the website more personal and user-friendly. Read more about cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close